Sabes o que há de errado com a educação autoritária?
Templates Cris 1080x1080 - 82


A maioria de nós, pais, fomos educados com pelo menos um dos pais autoritários e acreditamos que os castigos, e eventualmente uma ou outra palmada pedagógica, são os responsáveis por termos crescido com os valores certos e a sabermos comportar-nos de forma geral.
E sim, a firmeza é necessária para impor limites às crianças, mas vários estudos sobre disciplina comprovam que uma educação autoritária provoca, na verdade, entre diversas outras coisas, baixa autoestima nas crianças que acabam por se portar muitas vezes pior do que as outras – e, portanto, são mais punidas!

Mas então, se a punição funciona, por que é que as crianças mais punidas não são as que se portam melhor?

De salientar que existem muitas variantes dentro da educação autoritária, sendo umas bem mais brandas do que outras, por isso é normal que não te identifiques com todos os “erros” que trazemos.Vejamos então que erros são esses:1 – Não ensinam autorresponsabilidade e autodisciplinaOs pais controlam, decidem, ditam as regras e as crianças seguemO controlo existe, mas está fora da criança que não aprende que é a única responsável pelas suas ações.2 – Os limites são impostos pelo medoA verdade é que, mesmo quando a criança deixar de repetir algum mau comportamento, ou nos passa a obedecer, ela fá-lo por ter medo das consequências e não por achar que é o mais correto.3 – Maior percentagem de adultos com tendência para a raiva ou para a depressãoO autoritarismo ensina as crianças a obedecerem, a guardarem as suas emoções para si, sem aprenderem a lidar com elas, logo, mais tarde ou mais cedo, de uma forma ou de outra, isso acaba por se manifestar e não da melhor forma.4 – Ensina que quem manda tem sempre razãoAs crianças aprendem a obedecer, não a pensar pela sua própria cabeça. Da mesma forma que não sentem que são aceites como são, logo não há sentimento de pertença e procuram muitas vezes esse sentimento nos seus pares, o que pode levar a más companhias.5 – Promove a rebeldiaVários estudos concluíram que crianças criadas com um estilo de educação autoritário tendem a ser mais rebeldes quando adolescentes e jovens adultos, frustrados, saturados que ficam do excesso de regras e limites.6 – Promove a mentiraQuando a criança é extremamente controlada, quando tem de se portar sempre bem, de ser “perfeita”, terá tendência para mentir para não ser castigada e/ou desiludir os pais.7 – Promove a baixa autoestimaNa educação tipicamente autoritária os pais não mostram as suas fraquezas, o que leva a criança a se convencer de que os pais são “perfeitos” logo, quando ela sente medo, tristeza, raiva, isso é um defeito seu. Além de que, como referimos anteriormente, não se sente aceite como é o que significa, na sua mente, que não é boa o suficiente, algo que a grande maioria dos adultos de hoje em dia “sofre”.

E por hoje é tudo.

Gostávamos de saber o que achaste sobre este artigo.


Para a semana vamos falar sobre o que há de errado com a educação permissiva, por isso tens mesmo de te manter por perto.

Manda-nos um e-mail para geral@superpais.pt com alguma questão que gostasses de ter respondida – as tuas dúvidas são seguramente as mesmas que as de muitos outros pais.

Somos gratos por estares aí,
Sandra e Evandro

Subscreve a nossa newsletter

Recebe um e-mail nosso por semana com dicas e sugestões sobre diferentes aspetos da educação, para recuperares a tranquilidade do teu lar

(Podes cancelar a subscrição a qualquer momento)

Partilha:

Últimos artigos do blog

Queres acabar com as birras em tua casa?

Programa Kids Zen

Ajuda os teus filhos a crescerem mais tranquilos
Com 9 meditações guiadas diferentes para crianças dos 3 aos 8 anos

© COPYRIGHT 2021 SUPER PAIS - ALL RIGHTS RESERVED